Painel solar mais barato do mundo já está disponível!

Painel Solar fotovoltaicoA companhia Nanosolar desenvolveu uma nova técnica de produção de seus painéis solares, capaz de reduzir significativamente seus custos de produção, favorecendo o bolso de quem pretende utilizar energia limpa para alimentar seus aparelhos elétricos.

Atualmente o que torna os painéis solares tão caros são os custos para implantação das células fotovoltaicas nas placas, resultando em um preço-final bem salgado para os consumidores, principalmente para quem se destina ao uso residencial.

Mas agora, a Nanosolar desenvolveu uma técnica do qual o material fotovoltaico é “impresso” nas placas de alumínio, reduzindo o custo de produção em mais de 80%.

Desta forma, é possível produzir painéis solares com um custo relativo a menos de 1 dólar por watt, e assim, além de obter-se energia limpa, os custos de produção se tornam mais baratos do que a geração de energia a base de carvão, por exemplo, que soma-se a cerca de 2,1 dólares por watt (sem contar os custos de combustível e emissão de poluentes).

Talvez esta nova tecnologia venha a viabilizar (e muito) a utilização de painéis solares, não somente em usinas elétricas, mas também na área domiciliar.

Em tempos de aquecimento global, esta é uma novidade mais do que bem-vinda!

Para mais informações sobre esta tecnologia, confira nesta matéria da New York Times ou no site oficial da Nanosolar.

Via | Engadget

ATENÇÃO:

Recebemos a informação de que a Nanosolar no momento não está comercializando este tipo de painel solar para aplicação RESIDENCIAL. Desta forma, vamos ter que aguardar (e torcer) para que em breve esta tecnologia esteja disponível também para área residencial.

Publicado por Rael em: 19 de dezembro de 2007 Rael é administrador do blog TechZine.com.br