Japonês cria máquina que transforma plástico em petróleo

maquina-plastico-petroleo

Você já deve saber que o plástico é o material originado do petróleo, certo? Agora a novidade é que este material reciclável pode ser transformado de volta em sua matéria-prima – o petróleo.

Isso mesmo! Lá no Japão, uma equipe de pesquisadores conseguiram criar uma máquina “caseira” capaz de converter materiais plásticos em petróleo, podendo então obter seus combustíveis derivados.

De acordo com a equipe, esta máquina é capaz de converter 1kg de plástico em 1 litro de petróleo, o que é uma eficácia impressionante, principalmente levando em consideração que não é gerado Dióxido Carbôno (CO2) durante o processo!

Esta é uma ótima notícia a favor da atual tendência de sustentabilidade. Só não temos ainda, infelizmente, informações sobre sua disponibilidade comercial.

Mais abaixo você confere um vídeo com mais detalhes sobre o aparelho.

Via | Ubergizmo

Vídeo: Máquina capaz de converter plástico em petróleo

Publicado por Rael em: 23 de agosto de 2010 Rael é administrador do blog TechZine.com.br
  • Gisèle

    Na verdade um litro de petrólio deve pesar no máximo 700 gramas visto que o petróleo “boia” sobre a água. Faltou umas aulinhas de física hein… heheheh

    Mas concordo que me parece meio improvável essa invenção…

  • Lucas Freitas Berti

    Olá, (estou escrevendo de um teclado alemao, por isso há erros de acentuacao no meu texto)

    Tem apenas uma coisa que vejo errada. De onde vai vir a energia para aquecer o plástico e transforamar ele em “óleo novamente´´? (por favor nao respondam-me: da usina elétrica! eu sei disso). O ponte que eu ressalvo é o seguinte: haverá uma demanda de energia maior para ser utilizada neste processo. O que acarretará um problema em outro setor (i.e. elétrico). Gostaria de ver uma análise energética disso. Do contrário é uma tecnologia muito bonita, mas nao uma tecnologia viável, pois só transferirá o problema para outro setor, e isso nao é sustentável, como eles estao anunciando.

    Lucas

  • Danilovski

    “Petrólio”!?!?
    Ok… o petróleo pode ter uma densidade variável de 0,7 a mais de 1, segundo o trecho que segue:
    “A densidade relativa é a razão entre as densidades absolutas do material e de um material tomado como referencial. No caso de líquidos, o material referencial é sempre a água e, no caso de gases, é ou o ar ou o hidrogênio. A densidade relativa é adimensional e o seu valor numérico independe do sistema de unidades usado. A densidade relativa do petróleo se situa entre 0,80 e 0,90 mas petróleos mais leves (0,70) ou mais pesados (1,00) podem ser encontrados. A densidade do petróleo é normalmente medida a 60ºF, que corresponde a cerca de 16ºC, e referida a densidade da água nesta mesma temperatura.”

    Se não sabe as coisas, fica quieto e não critica quem sabe.

  • charles

    Ficou de xato só, pq duvido que o petroleo gerado é do mais denso.So quis dar azia mesmo.=\

  • http://www.vegvida.com.br Renata Octaviani Martins

    Parece que a proposta é séria. A empresa japonesa responsável é a JBI Inc. e o procedimento foi certificado por um laboratório chamado IsleChem. Cheguei a encontrar sugestão de investimento na empresa (em um artigo falando sobre fraudes em ações de empresas “verdes”, apontando a JBI como confiável). Detalhes aqui: http://www.jbiglobal.com/news/2010-press-releases/isle-chem-validation.aspx e http://www.plastic2oil.com/ . Espero que seja mesmo, resolveria um problema considerável.

  • http://firefox Vicente Ribeiro

    A questão, na minha opiniao, é a matematica: Como pode de 1 kg e plastico retirar 1 litro de petroleo? Outra questão, quanta energia será consumida no processo? …é como aplicar nuo eixo de um motor eletrico um gerador de energia! havera perda!

  • Leonardo

    Vi que os comentários anteriores são bastante críticos em relação à eficiência energética desse equipamento. Entretanto, imagino que o grande benefício dessa máquina não é o de transformar plástico em petróleo com fins energéticos, mas sim como uma forma de redizir a quantidade de lixo não biodegradável jogado em aterros ou queimados sem critério.

    Abraços
    Leo

  • Thaissa

    Concordo plenamente com o último comentário! Mesmo que se gaste essa energia toda, pelo menos está reduzindo o lixo, mas uma máquina não é o suficiente.

  • rbormann

    Alguém sabe se fica algum resíduo na máquina?
    Com certeza fica… E esse resíduo, pra onde vai?
    Para o lixão pra onde iria o plástico?…

  • Mauricio

    Caraca! Quanta burrice! Refinaria de derivados de petróleo???? Pra refinar o q se é na refinaria que o petróleo bruto é convertido nos derivados??? Gastar energia pra reverter o plástico em petróleo bruto? Depois de gastar um bocado de energia no processo contrário,nas refinarias e nas petroquímicas? Agora então vou inventar uma máquina pra transformar leite em capim e dar pra esse povo comer! E ainda vou ganhar o Nobel!!!!

  • Mauricio

    Hey Pessoal!
    Tive uma idéia genial também!
    Uma máquina pra reduzir a sucata mundial. Tritura-se todo o aço desejado e mistura-se com água salgada. Deixa reagir até que o aço volte a ser ferro. Pega-se um bocado de terra, bota numa prensa e se converte tudo de volta a minério de ferro. Pronto! Kd meu premio Nobel?

  • http://www.conscienciacoletiva.com.br Lola…

    Olá,

    Recebi este vídeo de uma amiga e resolvi vir dar uma olhada.
    Quanto ao ato em si, seria ótimo se fosse tudo perfeito como parece, um dos problemas talvez fosse educar as pessoas a saber usar este combustível, pois, não comentam nada sobre o quanto ele polui, se é igual ao utilizado primeiro, para fazer o plástico, ou se este é ainda pior, pois, já está sendo reutilizado e pode conter mais produtos tóxicos. Fora a questão de quais seriam seus malefícios, ainda tem a questão de que, se isso fosse “um milagre” encontrado somente agora e de forma tão fácil, como seria controlado o uso indiscriminado do próprio combustível e a poluição que dele provem?
    Transformar plástico em petróleo pode ajudar a reciclar os plásticos, mas, e o uso desse combustível que tanto queremos evitar?
    Não seria viável usar formas de reciclar os plásticos para outras matérias primas e tentar descobrir energia limpa???

    Abraços.

  • GODINHO

    Bom, me parece genial. Até que enfim o homem conseguiu superar tudo que já foi feito. Um sistema realmente ideal e onde as perdas são desprezíveis, ou melhor, não existem. 100% de eficiência senhores, isso mesmo, a perfeição.
    Vamos falar sério pessoal e estudar um pouquinho antes de sair escrevendo sobre sistemas e afins na internet ou alguém aí ainda acredita que basta colocar óleo crú numa panelinha e retirar uma garrafa de pet ou um saquinho de super mercado?

  • http://putiquepariqueka.com.br rodifafe

    Muito bom gostei tem diversas utilidades para o óleo e não para o plastico porem , ele no video só falou do co² e não disse dos principais como enxofre,produtor da chuva ácida

  • AUGUSTO

    Sensacional essa máquina obejto de muita pesquisa e dedicação. Quantos aos comentários, em sua maioria, partem de idiotas invejosos que não tem capacidade nem de entender, quanto mais de inventar …

  • Pedro

    Ele disse que com um quilo de plástico você consegue fazer mais ou menos 1 litro de petróleo, o que significa que a densidade do petróleo é aproximadamente a mesma do plástico, não da água. Acho que não foi ele que faltou as aulinhas de física!

  • Cindi

    A máquina é bem econômica, gasta cerca de 1kw/h (menos que uma lâmpada acesa).

  • Hermes

    Ainda bem que ainda existem muitos cientistas e pessoas inteligentes trabalhando muito para desenvolver a ciencia, fico muito chateado quando entro em qualquer site, para pesquisar algum assunto novo, e vejo esse monte de comentários absurdos, de pessoas que mal sabem escrever, pare um pouco de assistir tv, e volte a estudar, o Brasil só não é a maior potencia do mundo porque enquanto uma pessoa desenvolve alguma coisa, tem dez jogando dominó no bar ou escrevendo asneiras na internet, talvez daqui 1000 anos teremos um pouco menos de retardados mentais.

    • Wagnyama

      É isso aí sr. HERMES.

  • http://umadpm.blogspot.com elizeu

    Apenas usando microondas saturada é que se obtem este resultado.

  • gege

    Das duas uma: ou o cara vai ficar milionário, ou vai ser morto rapidinho…

  • Victoria_lanza11

    nossa ki interessante adorei!!!!!

  • Nicolau Mussi

    Excelente noticia. Este tipo de aplicação do conhecimento que s tempos atuais necessitam. Vamos aguardar a aplicação em massa deste processo.

  • Roni Tadeu Liodete

    Que o japoneses criaram a máquina eu não duvido. O problema será enfrentar os grandes produtores de petróleo que com certeza irão dar um “jeitinho” de ridicularizar a idéia para continuarem lucrando com a produção do petróleo. Não sei se vocês se lembram, brasileiro criou motor movido a água, onde foi parar a idéia? Já pensou se todo mundo sintetisasse gasolina a base de plástico em sua própria residência? Como seria a vida dos donos de postos de combustíveis? Derrepente eles trocariam 1 k de plástico por 1/2 litro de gasolina e ainda ficaria no lucro, já que poderiam vender o restante para o mesmo cliente. rsrsrsr seria demais.

    • Franzwirtz

      Pois é bom começar a dividar de tais notícias. Muitas são criadas apenas como ‘Teorias de Conspiração’. Mas, caso a tal maquininha funcione, mesmo que gaste o dobro ou o tripo da energia que obtiver, ela seria de muita valia, pois o custo gerado pela poluição dos plásticos no planeta é, em muito, superior ao valor do petróleo que os produz.