Check Mate, o primeiro smartphone “brasileiro”

Publicado por Rael em: 2 de agosto de 2007 Rael é administrador do blog TechZine.com.br

18 Respostas em “Check Mate, o primeiro smartphone “brasileiro””:

  1. [...] Mate, o primeiro smartphone “brasileiro” 1 – August – 2007 » Check Mate, o primeiro smartphone “brasileiro” – Antenando.com.br O Check Mate vem com o Windows Móbile 6.0, e isto quer dizer que você rodaráo MSN Messenger, Outlook Mobile, Windows Media Player, e qualquer outro programa do sistema bem na palma da mão… [...]

  2. Magno Lima disse:

    Puxa, muito bom mesmo, nem da pra acreditar que alguma empresa no Brasil ainda se importa em desenvolver tecnologia de ponta!! A letra א (alef) do alfabeto hebraico é o logotipo dele. Sejam bem vindos.

  3. Alex Rodrigues disse:

    Muito boa a idéia além que o aparelho é cheio de recursos. mas com esse preço certamente compro um notebook.

  4. [...] Está sendo veiculado em alguns sites a notícia do primeiro smartphone brasileiro produzido no país. Abaixo a reprodução da notícia que foi publicada no site Antenando [...]

  5. Rael disse:

    É Alex… eu também esperava um preço mais razoável…. Mas de início é natural ser caro, devido à demanda de produção.

    Mas vamos torcer para a ELEF conseguir conquistar o mercado não só nacional como internacional…. Então quem sabe nao conseguimos um brinquedinho desses num preço mais baixo!? :)

    Obrigado pela visita!

    Abraço

  6. Luiz Gonzaga Saad disse:

    Eu acho que para o incio o preço está justo.. Por serem as primeiras peças não tem como ser um preço mais baixo..
    A tela do aparelho com touch screen é sensacional !! Tive a oportunidade de fazer um teste na Fnac o aparelho é demais!

  7. joao carlos saldanha disse:

    Brasileiro nada, isso eh propaganda enganosa afim de ludibriar ingenuos e ignorantes, a verdade é que no maximo ele eh MONTADO no brasil, a marca pode ate ser nacional, mas acaba aí. A imprensa formada de pseudo entendidos e amadores em assuntos de tecnologia tendem a cometer erros estúpidos, infelizmente

  8. Délio Cardoso disse:

    joao carlos saldanha, me diga uma coisa: diante da globalização, me fale um aperelho q é 100% produzido no mesmo lugar… desde o display até os parafusos

    globalizacao meu caro…

  9. André disse:

    Estou imprecionado com a possibilidade de “não precisar de um provedor, e uma operadora”. Isso é fantástico! Nós brasileiros devemos nos espelhar em tais exemplos e sair da “marginalidade” pirataria. Mostrar a quem quer que seja, governos, que somos capazes de mudar o que nos aborresse, com nossos esforsos privilegiados. Afinal temos muita criatividade. UM abraço a todos.

  10. Sergio Halla disse:

    A matéria acima informa que o cartão de expansão é “microSD”, na realidade o slot de expansão parece ser “Mini SD”, como colocado no site da ELEF, o que não impediria o uso de cartões microSD usando um adaptador, certo?

    Sobre o comentário de João Carlos Saldanha, e réplica de Délio Cardoso, embora seja praticamente impossível ter um produto “100%” nacional nestes tempos de globalização, parece impreciso também dizer que é um “produto nacional”, o que não tira o mérito da iniciativa da ELEF, embora, pelo preço, ela esteja cobrando bastante por essa iniciativa, basta ver o preço do “similar” UBiQUiO no mercado internacional.

  11. Renato Lopes disse:

    Afinal de contas ele vem com Windows Mobile 6.0, ou 5.0 como especificado na pagina do fabricante, o aparelho parece ser uma otima ferramenta de trabalho, pena que so poucos vao poder usa-lo, o preço ainda nao é para a realidade dos brasileiros.

  12. JOao disse:

    Artigo mentiroso. O Bluetooth é 1.2 e NÃO 2.0, a USB é 1.1, o equipamento é com tecnologia ULTRAPASSADA (windows mobile 5.0), nesse artigo está AUMENTANDO tudo, mas no site do “fabricante” está bem claro que é tecnologia ultrapassada por um preço que dá para comprar produtos MUITO MELHORES pelo mesmo preço e de empresas há mais tempo no mercado e com boa reputação. Péssimo negócio esse celular.

  13. valfrido disse:

    Nota 10 para este produto. Mais o preço é muito salgado.
    Poderia ser mais barato.
    Valfrido Souza.

  14. Marcos Henrique disse:

    Estou precisando comprar um Smart para mim….mas gostaria de receber as informações corretas do produto o que pode e não pode ser feito com este equipamento…tudo bem pode ate não ser 100% nacional….mas temos que começar a valorizar os novos produtos!!! Mas ao mesmo tempo temos que ter um superto a altura, para quando for necessario. Obrigado!

  15. Em primeiro lugar gostaria de colocar que recebi com muita desconfiança a qualidade de primeiro smartphone brasileiro, já que no site http://www.ubiquio.com/product_501.html podemos ver exatamente o mesmo aparelho, mudando apenas o botão direcional central.
    Brasileiro ou não o smartphone é muito bom, apesar do seu processador não ser tão rápido quanto o da concorrência, seu desempenho é bastante rápido.
    Tenho um e gostei muito da aquisição, mas ainda acredito que o aparelho seja totalmente feito no exterior, conforme o site acima demonstra.
    Um grande abraço pra todos.

  16. Daniel disse:

    Artigo mentiroso mesmo, completando: o cartão de expansão é miniSD e não microSD, e é expansível apenas até 2GB e não a 4GB. Realmente é tecnologia já ultrapassada. Porém hoje em dia, ele ainda pode ser útil e já é encontrado a preços bem mais acessíveis.
    Minha esposa adquiriu um e está adorando.

  17. elismar disse:

    tem vários smartphone ai com windows e wifi e tudo mais com um preço extremamente acessivel, e bem melhor do quê esta porcaria fabricada aqui por uma empresa brasileira, o processador do paraelho é muito baixo, sem contar que parece muito com o celular ubiquio 501, a tela é pequena e as teclas ocuparam muito espaço no aparelho, pra mim valor do aparelho deveria ser em torno de 500 reais na loja.

  18. Andersonmaia disse:

    este andre cunha e um bandido acabou com bp do brasil e ainda mandou dois funcionarios para cadeia cuidado com este cara e perigoso

Deixe seu comentário:

ATENÇÃO! Antes de publicar seu comentário, leia com atenção:

- Qualquer comentário postado neste blog é de responsabilidade de quem o enviou;
- Não faça comentários com nomes falsos ou com nome de outra pessoa;
- Não é permitido comentários ofensivos, racista, preconceituosos e que envolvam atividades ilegais ou conteúdo pornográfico;
- Comentários sem fundamento e que não acrescentem nada ao debate serão deletados;
- Evite publicar links no campo de comentários, pois ele pode ser automaticamente considerado como SPAM pelo sistema.

Esteja ciente que o TechZine é um BLOG, e não uma loja. Portanto, não trabalhamos com venda de qualquer produto, muito menos oferecemos assistência técnica. Se você está em busca de algum produto, podemos lhe auxiliá-lo na compra. Porém, não somos responsáveis por qualquer transação comercial!

Não é permitido comentários de cunho comercial, anúncios de produtos novos ou usados, prestação de serviços ou qualquer outro comentário de caráter comercial ou promocional. Caso você queira anunciar seus produtos no blog, entre em contato conosco e saiba mais a respeito.

Não publique seus dados pessoais ou informações de contato no campo de mensagem. O campo de e-mail não será divulgado em hipótese nenhuma no blog, pois ele serve apenas efetuar um contato entre o editor do blog e o comentarista. Porém, se publicar e-mail, MSN, Skype, telefone ou qualquer outra informação pessoal no campo de MENSAGEM, seus contatos estarão exposto a qualquer pessoa que visite o blog.

Clique para mais detalhes...